Intercâmbio na My Target Idiomas

Inglês Britânico e Americano: quais são as diferenças?

Inglês Britânico e Americano: quais são as diferenças?

Saber falar inglês no mundo atual é essencial para quem quer se destacar nos estudos e no mercado de trabalho, para saber qual é o significado daquela música internacional que você tanto canta e para se comunicar naquela tão sonhada viagem. Entretanto, o que muita gente não sabe é que, apesar de o inglês ser uma das línguas mais faladas no mundo todo, existem algumas diferenças entre o idioma usado na América e no Reino Unido! Há um velho ditado que diz que a América e a Grã-Bretanha são duas nações divididas por uma língua comum, mas ainda fica aquela dúvida: inglês britânico e americano são realmente diferentes? Continue a leitura e descubra!

Gramática

A gramática do inglês americano tem a característica de ser mais direta e enxuta, “comendo” algumas palavras, enquanto a britânica mostra-se mais formal e tradicional. Expressões britânicas como “stay at home” (fique em casa), “go and play volleyball” (vá jogar vôlei) e “write to me” (escreva-me) tornam-se “stay home”, “go play volleyball” e “write me” no inglês americano, por exemplo.

Vocabulário diferente no inglês britânico e americano

Provavelmente, uma das principais diferenças entre o inglês britânico e americano! Aqui vão alguns exemplos de verbetes que diferem nas duas formas, respectivamente:

  • Apartamento: flat/apartment
  • Banheiro: toilet/bathroom
  • Biscoito: biscuit/cookie
  • Calças: trousers/pants
  • Caminhão: lorry/truck
  • Elevador: lift/elevator
  • Fila: queue/line
  • Futebol: football/soccer
  • Lixo: litter/garbage
  • Metrô: underground/subway
  • Telefone celular: mobile phone/cell phone

Ortografia

A parte ortográfica é traiçoeira e pode te confundir na hora de redigir um texto, de fazer aquela prova importante ou de escrever aquela redação que garantirá sua vaga em uma boa universidade.

Algumas palavras podem mudar completamente de significado, enquanto outros termos apenas modificam sutilmente a sua maneira de escrita. Por isso, é importante ficar atento! Seguem alguns exemplos de diferenças ortográficas, primeiro com o inglês britânico e depois com o americano:

  • Apologise/apologize
  • Organise/organize
  • Paralyse/paralyze
  • Defence/defense
  • Offence/offense
  • Colour/color
  • Humour/humor
  • Labour/labor
  • Favourite/favorite

Pronúncia

Quando o assunto é pronúncia, fica fácil notar as diferenças entre o inglês britânico e americano. Ao assistir a um filme ou seriado, facilmente identificamos os atores americanos e os britânicos ao ouvir a pronúncia e sotaque de cada um. Enquanto o inglês americano tem uma pronúncia mais aberta, o britânico é mais fechado e arrastado. Um bom exemplo é a palavra can’t, que significa “não poder”: no britânico, pronuncia-se /knt/ e, no americano, /kænt/.

Origem

Assim como aconteceu entre Brasil e Portugal, os Estados Unidos também já foram colônia da Inglaterra. Dessa forma, é natural que a língua tenha se desenvolvido de maneiras diferentes nos dois países, e que as palavras tenham determinadas funções e significados em cada um deles. Assim como no Brasil não falamos o mesmo português de Portugal, os EUA não falam o mesmo inglês da Inglaterra — mas isso não impede que as pessoas de ambos países se entendam.

Como pudemos ver, as diferenças entre o inglês britânico e americano são muitas, porém sutis, e não impedem que o falante do inglês americano consiga se comunicar no Reino Unido e vice-versa. Com um pouco de cuidado e atenção, é possível dominar essas diferenças para não deixar que elas te atrapalhem na hora dos estudos.

E aí, sonha em visitar esses países e conhecer mais diferenças entre eles? Então baixe o ebook de intercâmbio e se prepare para muitas aventuras!

guia completo de intercâmbio

Posts Relacionados

Sobre o Autor

Luiza Meneghim

Diretora da My Target Idiomas, professora de inglês há mais de 20 anos. Apaixonada por idiomas.

Target Idiomas

Escolas de inglês, espanhol, italiano, mandarim, alemão e francês, em Joinville. Cursos de idiomas empresas. Aulas de Inglês e intensivo. Certificação TOEIC e intercâmbio.