Intercâmbio na My Target Idiomas

Au revoir, merci beaucoup… Veja os erros mais comuns na pronúncia do francês

Au revoir, merci beaucoup… Veja os erros mais comuns na pronúncia do francês

Para os apreciadores da boa gastronomia, arquitetura, moda e artes em geral, o francês tem um charme a mais, sabe por quê? Ele é o idioma tradicional de todas essas manifestações culturais. A língua francesa é uma das mais populares em todo o mundo, no entanto, a maior dificuldade para o aprendizado da maioria das pessoas é evitar os erros mais comuns na pronúncia do francês.

O idioma possui pequenos detalhes que podem dificultar os estudos e a articulação correta, como a dicção do “r” que arranha na garganta, o “u” charmoso e ao mesmo tempo tão complicado, e claro, o famoso biquinho, absolutamente necessário para realizar uma pronúncia correta.

O principal segredo é efetuar movimentos precisos com a boca. Falar francês requer o uso de músculos do nosso rosto que normalmente não usamos quando nos comunicamos em português. E, falando no nosso idioma, confira os erros mais comuns na pronúncia do francês que os brasileiros cometem e saiba como melhorar a pronúncia!

Som do “u” e “ou”

Um dos principais equívocos é confundir as duas pronúncias. O som de “u” que encontramos no português é representado no encontro das vogais “ou” na língua francesa. Essa variação pode ser percebida em diversas palavras, como: dessous, séjour, fou, bisous, alentour, choux, roue, e muitas outras. Nesse caso, a pronúncia tem o som do nosso “u”.

Já as palavras francesas que terminam em “u” (como rue, sucre, truc, déçu, puteaux, putain, etc.) têm a famosa sonoridade do biquinho francês. Esse movimento gera um som que começa no fundo da garganta e termina na ponta dos lábios.

No começo, pode até parecer que estamos fazendo careta ou gracejando, no entanto, o idioma realmente exige esses gestos. Com o tempo e a familiaridade dos sons, será cada vez mais fácil distinguir as duas formas.

Palavras com “e”

Um dos maiores obstáculos para aprender o idioma francês é a variedade de sons das muitas grafias da letra “e”. Além da dificuldade de perceber a diferença dos sons no dia a dia, as variações “e”, “é” e ”è” são complexas para aplicação no cotidiano.

O “e” assim como o “u” tem aquele som que vem lá do fundo. Exemplos de palavras com “e”: cheval, cheveux, boulangerie, chenille, le. Já o “é” no francês tem a mesma sonoridade do nosso ê, como podemos verificar em: bébé, epée, mangé, épicé, épinard. E finalmente as palavras grafadas com “é” são pronunciadas como o nosso “é”, como os exemplos mère, lièvre, frère, lèvre, élève e père.

informações francês

Som do “en” e “in” causam os erros mais comuns na pronúncia do francês

Outro erro bastante comum é não conseguir distinguir as duas formas. No entanto, essas variações não são tão complicadas de entender. As palavras francesas que contêm o “en” serão pronunciadas como “ahn” (aquela mesma expressão que dizemos quando não entendemos algo), porém, um pouco mais fechado (como o “e” explicado acima). Exemplos de palavras com “en” que devem ser pronunciados dessa forma: vent, parent, entendre, dent, enfant.

Já o “in”, apesar de seguir o mesmo estilo, pronuncia-se com um som mais aberto (mais parecido com o “ahn” em português). Exemplos: jardin, moulin, matin, vin, chemin.

Palavras que começam em “S”

Nós temos a tendência de pronunciar o “e” nas palavras que começam com a letra “s”, pois quando a língua portuguesa adotou alguns termos latinos, um “e” auxiliar foi adicionado antes dessas palavras para uma melhor dicção.

Porém, na pronúncia do francês esse “e” não existe, então palavras como spontané, sport, spectacle, stupide e spame, por exemplo, são ditas com o som de “ss” no início.

Pronúncia das letras “D, S, T, P”

Essas letras, quando estão no final das palavras, não devem ser pronunciadas. Casos como chaud, petit, beaucoup e renaud. A exceção fica com a palavra mars, em que a pronúncia do “s” acontece.

Alcançar a fluência em francês exige treino, dedicação e muito empenho. Sempre que possível, ouça músicas e assista filmes franceses e exercite o idioma frequentemente para eliminar os erros mais comuns na pronúncia do francês. E, claro, conte com o apoio da My Target Idiomas para que seu curso de francês seja mais completo e eficiente.

guia de francês para viagem

Sobre o Autor

Luiza Meneghim

Diretora da My Target Idiomas, professora de inglês há mais de 20 anos. Apaixonada por idiomas.

Target Idiomas

Escolas de inglês, espanhol, italiano, mandarim, alemão e francês, em Joinville. Cursos de idiomas empresas. Aulas de Inglês e intensivo. Certificação TOEIC e intercâmbio.