Intercâmbio na My Target Idiomas

Descubra 6 práticas para entender melhor as músicas estrangeiras

Descubra 6 práticas para entender melhor as músicas estrangeiras

Músicas estrangeiras, nacionais, instrumentais… Não importa o estilo ou nacionalidade, são elas que compõem a trilha sonora da nossa vida ao traduzirem, por meio de letras e melodias, aquilo que muitas vezes não conseguimos expressar com nossas próprias palavras. Aprender ou melhorar um idioma novo usando música como instrumento é muito comum e um recurso inteligente e divertido. Quer descobrir como entender melhor as músicas estrangeiras? Confira estas 6 dicas que reunimos no post de hoje:

1. Ouça o que você gosta

A primeira regra é buscar aquilo que te dá prazer. Se você é louco por rock inglês, então, vamos lá aprender o idioma da Queen Elizabeth. Já se você é apaixonado pelo ritmo caliente, latino e sensual que só encontramos nas músicas cantadas em espanhol, então use-as a seu favor!

Entender com perfeição o que está sendo cantado em outro idioma é uma questão de prática e persistência. É é preciso acostumar seus ouvidos ao sotaque, ao som de cada palavra, à pronúncia correta e nativa.

E, principalmente, é necessário entender o contexto da obra e não a tradução literal do que é falado.

2. Curta o som sem obrigação

Não caia na besteira de fazer uma lista com inúmeras músicas, muitas delas que você nem conhece, apenas para estudar o idioma.

Vá pelo caminho inverso: pegue suas canções preferidas, escute uma, duas, três ou vinte vezes se for o caso. Assista aos clipes e tente se envolver com o universo que aquela música transmite ou retrata.

Dessa forma, a assimilação e a compreensão do idioma se tornam mais fáceis e prazerosas.

3. Procure por palavras familiares

Procure por palavras que sejam familiares para você, como as expressões cotidianas, e busque juntar os pontos para entender o contexto de cada verso da canção.

Muitas vezes, assim como acontece com músicas nacionais, os versos de músicas estrangeiras podem parecer não fazer muito sentido. Uma palavra pode não se conectar muito bem à outra, mas tenha em mente que isso pode ocorrer por dois motivos:

1.Intencional: o autor da canção quis dar um tom poético, lírico, lúdico ao contexto;

2.Regional: pode ser uma expressão regional, uma figura de linguagem, um dito popular.

4. Escute a música e leia a letra ao mesmo tempo

Você já ouviu a música 347 vezes. Perfeito! Agora é hora de pegar a letra original em mãos e ler palavra por palavra.

Só assim você verá o que, de fato, está sendo cantado. Muitas palavras com sentidos absurdamente diferentes possuem fonéticas semelhantes, por isso, ter a letra em mão é tão fundamental.

Leia com calma e sem colocar a música para tocar, primeiramente. Depois, coloque a música para acompanhar junto e, caso ache um vídeo com a letra da música no Youtube — bem sincronizados —, perfeito!

Por fim, procure pela tradução da letra. Assim, você terá certeza de que aquilo que você inicialmente compreendeu está correto.

5. Fique atento à pronúncia para entender melhor as músicas estrangeiras

Ouça atentamente, com a letra da música estrangeira em mãos, a pronúncia de cada palavra. Como elas são ditas quando se ligam umas às outras. Se a canção já tiver sido gravada por mais de um cantor, melhor ainda.

Veja como diferentes pessoas podem pronunciar a mesma palavra. Às vezes, deixamos de entender melhor as músicas estrangeiras apenas por causa da entonação ou do ritmo falado pelo interlocutor.

6. Solte a voz sem medo

Não tenha receio, vergonha ou se autocensure na hora de soltar a voz junto com aquela música de que você tanto gosta. Lembre-se de que a prática leva à perfeição, ou seja, quanto mais você cantar, mais facilmente você compreenderá a letra.

Uma dica bacana é gravar um áudio do momento e depois ouvi-lo com atenção. Assim, você consegue notar em quais palavras precisam melhorar a pronúncia e quais você ainda tem dificuldade em acertar.

Ouça, cante, pratique, leia, traduza e repita esse processo quantas vezes julgar necessário para entender melhor as músicas estrangeiras. E, no final, divirta-se!

Quer aprender mais dicas e recursos super legais como esse? Então, acompanhe a My Target Idiomas no Facebook e fique por dentro de conteúdos como esse.

manual do estudante de Inglês

Sobre o Autor

Luiza Meneghim

Diretora da My Target Idiomas, professora de inglês há mais de 20 anos. Apaixonada por idiomas.

Target Idiomas

Escolas de inglês, espanhol, italiano, mandarim, alemão e francês, em Joinville. Cursos de idiomas empresas. Aulas de Inglês e intensivo. Certificação TOEIC e intercâmbio.