Intercâmbio na My Target Idiomas

Como começar uma conversa em inglês: idioma e psicologia

Como começar uma conversa em inglês: idioma e psicologia

Você já se viu congelado diante de um gringo sem conseguir falar inglês, por medo de errar ou simplesmente não saber o que dizer? Sejam iniciantes ou fluentes no idioma, muitas pessoas passam por essa saia justa que pode ser bem constrangedora, não é mesmo? Para driblar esse nervosismo, vamos te mostrar caminhos para começar uma conversa em inglês, além de dar dicas para você aprimorar o idioma e ganhar mais confiança. Confira!

Use frases simples para começar uma conversa em inglês

O ideal é começar o papo da forma mais natural possível, como se você estivesse se comunicando em português. Por isso, guarde e utilize com frequência as expressões de cumprimento e despedida. Além de ajudar a iniciar a conversa em inglês, você demonstrará simpatia. Veja algumas das frases mais usadas pelos falantes nativos da língua inglesa.

Expressões de cumprimento

  • “Hello, my name is (seu nome)” (mais formal) e “Hi, I’m (seu nome)” (menos formal) são utilizadas para se apresentar.
  • “How are you?”, “How are you doing?”, “How have you been?” são maneiras mais formais de perguntar como a pessoa está ou tem passado e podem ser respondidas com “I’m fine, thank you” (Estou bem, obrigado) ou “I’m very well, thanks” (Eu estou muito bem, obrigado), por exemplo.
  • “What’s up?” também serve para saber do estado do outro, porém é melhor empregada em uma conversa mais informal. Você pode responder com “Great” ou “Good”.

Expressões de despedida

  • “Bye”, “Bye Bye” ou “Good Bye” (Tchau).
  • “Nice to meet you” ou “Pleased to meet you” (Prazer em te conhecer).
  • “Have a nice day” (Tenha um ótimo dia).
  • “See you” (Até logo).

Tenha sempre alguns termos na ponta da língua

Falar o inglês perfeitamente, sem nenhum erro, é um luxo que até mesmo a maioria dos falantes nativos não tem. Todo mundo erra e aceitar que o erro faz parte do processo de aprendizagem é muito importante para a sua evolução. Porém, existem algumas palavras e expressões idiomáticas que, se memorizadas, podem ser bastante úteis quando surgir alguma dificuldade para entender ou comunicar um conteúdo em inglês. E lembre-se: fale sempre de forma gentil!

  • Se, por exemplo, durante uma conversa com um morador local de país de língua inglesa você não entender uma palavra ou frase, diga logo “Sorry?”
  • Use “Can you repeat please?” ou “Can you speak slower?” se a fala for muito rápida e não for possível acompanhar o ritmo do nativo.
  • Para saber o significado de palavras ou expressões desconhecidas, pergunte “What does it mean?”
  • E não tenha vergonha! Se no meio de um raciocínio, você não souber ou não se lembrar como pronunciar uma palavra, peça ajuda com “How do I say this in English?”. Caso precise escrever, pergunte “How do you spell it?”.
  • informações inglês

Preencha momentos de silêncio

Agora imagine a seguinte situação: você já superou aquele primeiro momento de nervosismo na hora de começar a conversar em inglês com um estrangeiro, mas no meio do bate-papo dá um branco. Não entre em pânico! Existem também algumas perguntas simples e fáceis de serem memorizadas e que ajudam a retomar a conversa.

  • Questões como “Where do you come from?” (De onde você é?), “What do you do?” (O que você faz?) ou “How was your weekend?” (Como foi seu fim de semana?) são simpáticas e demonstram seu interesse em saber um pouco sobre a pessoa que está com você.
  • Outra boa alternativa é fazer comentários sobre o clima: “It’s very warm, isn’t it?” (Está muito quente, não é?).

Pratique seu inglês ajudando alguém

Você também pode criar situações para praticar a sua conversação no inglês. Em uma viagem ao exterior, ao se deparar com uma pessoa perdida na rua, por exemplo, não hesite em oferecer ajuda. Veja expressões comuns para orientar alguém:

  • “Hi! Can I help you?” (Oi! Posso te ajudar?).
  • “Hi, yes of course!” (Sim, claro!). “I´m lost and I am trying to get to the Movie Theater.” (Eu estou perdido tentando chegar no cinema).
  • “Alright! Go straight on Granton Road and turn left, it’s next to the Church.” (Certo! Siga em frente na Rua Granton e vire à esquerda. É ao lado da igreja).
  • “Thanks a lot.” (Muito obrigada).
  • “You´re welcome.” (De nada).

Viu só como em uma conversa simples e real você pode colocar em prática várias palavras e expressões comuns da língua inglesa?  Não deixe o seu medo de errar superar a sua vontade de falar inglês!

Esteja sempre em contato com o idioma

Como já dissemos o erro é parte fundamental do processo de aprendizagem de uma nova língua. Mas além de fazer um curso em uma escola de idiomas, existem alguns hábitos que você pode adotar para que o inglês se torne parte do seu cotidiano. Assim, será possível aprimorar cada vez mais os seus conhecimentos, o que te deixará muito mais confiante na hora de conversar com um gringo.

  • Assista filmes e seriados em inglês e sem legenda (ou pelo menos com a legenda também em inglês). Essa é uma excelente forma de ver como a língua é falada pelos nativos em situações reais e cotidianas.
  • Ouça músicas em inglês e encontre as letras para cantar junto.
  • Converse com outras pessoas sempre que puder (proponha o exercício para colegas do seu curso ou conhecidos que já dominem o idioma).
  • Leia notícias em inglês. Além de se manter informado, você sempre terá algo a dizer em uma conversa em inglês.
  • Escreva lembretes e listas que você costuma fazer no seu dia a dia em inglês.

A ordem é deixar o medo de lado. Você só vai conseguir se comunicar em inglês com muita dedicação aos estudos, se familiarizando com o idioma e, principalmente, abrindo a boca e se arriscando a falar. Por isso, também procure fazer do aprendizado um momento de prazer e diversão e esteja cercado de pessoas que te incentivam a crescer e a aprimorar cada vez mais o domínio da língua.

Gostou dessas dicas para começar uma conversa em inglês utilizando algumas expressões comuns e superando o medo? Para saber mais sobre como desenvolver a sua conversação na língua inglesa e outras dicas, curta a nossa página no Facebook. E comece já uma conversa em inglês!

e-book manual estudante de inglês

Sobre o Autor

Luiza Meneghim

Diretora da My Target Idiomas, professora de inglês há mais de 20 anos. Apaixonada por idiomas.

Target Idiomas

Escolas de inglês, espanhol, italiano, mandarim, alemão e francês, em Joinville. Cursos de idiomas empresas. Aulas de Inglês e intensivo. Certificação TOEIC e intercâmbio.